16.6.10

Maracanã

Introdução

O Estádio do Maracanã que tem como nome oficial Estádio Jornalista Mário Filho, é um estádio de futebol localizado no Rio de Janeiro e inaugurado em 1950, sendo utilizado na Copa do Mundo daquele ano. Desde então o Maracanã foi palco de grandes momentos do futebol brasileiro e mundial, como o milésimo gol de Pelé, finais do Campeonato Brasileiro de Futebol, competições internacionais e partidas da Seleção Brasileira de Futebol. Porém, este estádio foi ganhando também um caráter multiusos ao receber outros eventos como shows e partidas de outros esportes, como o Vôlei. É um dos locais de competição dos Jogos Pan-Americanos de 2007, recebendo o futebol, e as cerimônias de abertura e encerramento. A capacidade atual do estádio é de 95.000 espectadores. [1]
História
Pan 2007
Pan 2007

Sua construção foi muito criticada na época, pois era considerada uma obra faraônica e impossível de ser realizada. Mas o prefeito da cidade, General Ângelo Mendes de Morais, apoiado pelo jornalista Mário Rodrigues Filho conseguiu levar o projeto para frente. Seu primeiro jogo um amistoso entre seleções do Rio de Janeiro e São Paulo no dia 16 de junho de 1950. Didi foi o primeiro autor de um gol no estádio. [2]

O primeiro jogo oficial ocorreu em 24 de junho de 1950 pela Copa do Mundo. Vitória do Brasil sobre o México por 4 a 0, gols de Ademir Menezes (2), Baltazar e Jair Rosa Pinto; com arbitragem do inglês George Reader. [3]

Popularmente se diz que na final da Copa do Mundo de 1950 havia um público de mais de 200.000 pessoas. Porém o público oficial registrado naquele dia foi de 173.850 pagantes, não constituindo o recorde de público pagante da história do Maracanã. O maior público oficial do Maracanã é de 183.341 pagantes, registrado em 31 de agosto de 1969, no jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1970, disputado entre o Brasil e o Paraguai, cujo resultado final foi de 1x0 para os brasileiros.[4].

O Maracanã teve como seu maior artilheiro o jogador do Flamengo Artur Antunes Coimbra, o Zico. Ele marcou 333 gols nas 435 partidas que disputou no estádio. Já Pelé é o jogador que mais marcou gols no Maracanã com a camisa da Seleção Brasileira: 30 gols em 22 partidas.

Depois de uma ampla reforma ocorrida em 1999, o estádio teve sua capacidade reduzida para 103.022 pessoas, pois foram instalados assentos individuais no anel superior. O Maracanã ficou fechado entre abril de 2005 e janeiro de 2006 para obras (rebaixamento do nível do campo) e colocação de cadeiras, no lugar da antiga Geral. Em 2007 ocorreu a construção de novas rampas de acesso para as cadeiras e arquibancadas. Nesse mesmo ano, foi palco do futebol e das cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Pan-Americanos de 2007 no Rio de Janeiro. Pretende ser a sede da final da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. [5].
Curiosidades
Antiga fachada do estádio.
Antiga fachada do estádio.

* O nome Maracanã vem de um tipo de papagaio conhecido na Região Norte do Brasil como Maracanã-guaçu. A referência com o estádio é devido ao rio Maracanã que cruzava a Tijuca e São Cristóvão, desaguando nas águas da Baía de Guanabara. Hoje este rio encontra-se canalizado parcialmente subterraneamente.
* O nome oficial do estádio, Mário Filho, foi dado em homenagem ao falecido jornalista carioca, irmão de Nelson Rodrigues, que se destacou no apoio à construção do Maracanã.
* A maior goleada da história do Maracanã foi Flamengo 12 a 2 São Cristóvão, pelo Campeonato Carioca de 1956 e a segunda maior, Jamaica 1x11 Canadá pelo torneio de futebol feminino dos Jogos Pan-americanos de 2007.
* O Maracanã foi palco do milésimo gol da carreira de Pelé (Vasco 1 a 2 Santos), em 19 de novembro de 1969) e também da despedida do Rei do Futebol da Seleção Brasileira (Brasil 2 x 2 Iugoslávia, em 18 de julho de 1971).
* A partida final da Copa do Mundo de 1950, em que o Seleção Brasileira de Futebol foi derrotada pelo Uruguai é conhecida até hoje no Brasil como "Maracanaço", pelo fato de ter ocorrido no Maracanã.
* O maior público-visitante de uma equipe de fora da cidade do Rio de Janeiro foi registrado na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 entre Fluminense e Corinthians. Cerca de 40 mil torcedores do Corinthians e das outras torcidas cariocas rivais do Fluminense estiveram no Maracanã torcendo pela equipe paulista, entre os 146.043 pagantes, assim como outros milhares de torcedores não pagantes que estiveram no Maracanã.
* Públicos acima de 100.000 pessoas, comuns nesse estádio, foram se tornando raros desde 1993, quando o estádio começou a passar por diversas reformas para modernização. A última grande assistência recebida foi na partida Botafogo 0x0 Juventude, que deu o título da Copa do Brasil de 1999 ao time gaúcho e teve público presente de 101.581 pessoas[6]
* Devido a sua magnitude e a sua carga histórica de grandes acontecimentos (como a ocorrência do milésimo gol de Pelé ou do famoso Maracanaço), o Maracanã recebeu o apelido de "Templo do Futebol".
* O jornalista Mário Rodrigues Filho era torcedor do Flamengo.


Fonte:www.flamengo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nº 22.433 - "Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif"

   em ContrapontoPIG    *.* *07/10/2017* *Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif* *O Jornal de todos Brasis* Do Jornal GGN - ...