7.2.11

Turismo no Maranhão

Museus e Casas de Cultura
Museu Histórico e Artístico do Maranhão

Instalado em um sobrado colonial construído em 1836, o Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), primeiro museu da cidade, é composto de salões e corredores com móveis e utensílios que refazem um ambiente dos casarões de famílias abastadas do século XIX. Suas salas, quartos, varandas, escritórios, cozinha e banheiros exibem peças em porcelana, cristais, vidros, livros, objetos pessoais, espelhos, cortinados e móveis em madeira de lei.


O prédio chegou a ser sede do governo do Estado entre 1909 e 1910, quando o vice-governador Alexandre Colares Moreira Filho assumiu interinamente o executivo estadual. O sobrado pertenceu, ainda, ao matemático Joaquim Gomes de Souza, maranhense de respeitada família da província. O Museu Histórico foi reaberto em 28 de setembro de 1998, depois de uma ampla reforma quando se manteve fechado ao público pelo período de nove anos.

O Museu Histórico e Artístico do Maranhão recolhe, conserva, classifica, restaura e expõe peças, objetos e móveis dos séculos passados até o início do século XX, bem como documentos de valor histórico e cultural relacionados à história do Maranhão.

Além dos ambientes para exposição do acervo permanente, o Museu conta com o Teatro Apolônia Pinto sala de espetáculos com 70 lugares; a galeria Floriano Teixeira, para exposições temporárias; cafeteria e biblioteca informatizada e climatizada, com um vasto acervo de livros sobre a cultura maranhense e nacional no que se refere a museologia e história.

O Museu Histórico e Artístico do Maranhão é aberto à visitação pública de terça-feira a domingo das 9h às 18h.

Localização: Rua do Sol, 302, Centro. São Luís – MA. Telefone: (98) 3218-9920. Ver no mapa

Museu de Artes Sacras

Inaugurado em 06 de Março de 1991, o Museu de Arte Sacra é um anexo do Museu Histórico e Artístico do Maranhão e guarda em seu acervo uma coleção de diversas igrejas históricas de São Luís.  O Museu fica em um casarão colonial do século XIX, onde funcionou a primeira instituição museológica do Maranhão, o Museu Pio XII, criado em 1956, por iniciativa de Dom José de Medeiros Delgado, Arcebispo Metropolitano de São Luís.

Entre as peças do acervo, imagens de santos de roca tradicionalmente utilizados em procissões da Semana Santa. Há ainda uma imponente coleção de jóias neoclássicas, do século XVIII ao século XX, com objetos sacros utilizados nas cerimônias litúrgicas das Igrejas de São Luís, como cálices de missas, crucifixos em prata de lei com pedrarias, oriundos de Portugal; custódias e lanternas de procissões; vasos raros de Santos Óleos; cruz processional da Capela dos Navegantes; resplendor em prata, da Igreja do Desterro e vestimentas utilizadas por padres e bispos em cerimônias religiosas.

O Museu de Arte Sacra de São Luís é aberto ao público de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados das 9h às 18h.

Localização: Rua São João, nº500, Centro. Telefone: (98) 3218-9920/21/22/23. Ver no mapa

Museu de Artes Visuais

O Museu de Artes Visuais está sediado em um sobradão do século XIX, com fachada em azulejos portugueses, sacadas e contornos de janelas em pedra de cantaria, vindas de Portugal no período colonial, quando a Praia Grande era o centro do comércio da província de São Luís, no século passado.

O acervo do Museu é formado por quadros de pintura em óleo, pastel, espátula; desenhos; gravuras; esculturas; azulejos de artistas plásticos maranhenses, de gerações passadas e da nova geração, bem como peças decorativas em vidros, cristais, metais e madeira. Um dos destaques é a coleção de gravuras que pertenceu ao escritor Arthur Azevedo.

O horário de visitação é de terça a sexta-feira das 9h às 19h e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h.

Localização: Rua Portugal, nº273, Praia Grande – Centro. Telefone: (98) 3218-9938. Ver no mapa

Museu de Alcântara

Criado em 1977, o Museu Histórico da cidade de Alcântara tem em seu acervo peças procedentes do Museu Histórico e Artístico do Maranhão, da Prefeitura de Alcântara, da Prelazia de Pinheiro, de Irmandades da cidade e de doações de famílias ilustres alcantarenses.

A exemplo do Museu Histórico em São Luís, a exposição permanente reproduz o ambiente típico de uma residência maranhense do século XIX. Com destaque para peças do mobiliário, louças, objetos de adorno e decoração, ourivesaria e arte sacra.

Dentro desse acervo de arte sacra há imagens de santos dos séculos XVII ao XIX, em tamanho médio ou natural, e uma coleção de cabeças de imagens de roca, esculpidas em madeira.

Encontram-se também no Museu de Alcântara, vitrines com jóias valiosas do tesouro de irmandades religiosas como a de São Benedito, Nossa Senhora do Livramento e outros, em ouro, prata e pedrarias. Algumas telas antigas, em óleo sobre metal e sobre madeira, além de uma coleção de imagens e objetos da Igreja Nossa Senhora do Carmo, também podem ser vistas.

O Museu Histórico de Alcântara pode ser visitado de segunda-feira a domingo, das 10 às 17 horas. Telefone: (98) 32189922/23

Localização: Praça do Pelourinho s/n, Alcântara, Maranhão. Ver no mapa

Cafua das Mercês (Museu do Negro)

Antigo mercado de escravos do século XIX, a Cafua das Mercês, nesta época, servia como centro receptor de escravos. Foi reformado em 1975, conservando as características originais da construção, e tem em seu acervo coleção de arte africana, objetos do culto afro-maranhense e peças utilizadas por escravos em cerimônias e cultos, além de instrumentos utilizados em torturas e castigos. O acervo de culto afro tem peças compradas pela Secretaria de Estado da Cultura e outras doadas por casas de culto afro-maranhense.

As visitas à Cafua das Mercês podem ser realizadas de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h.

Localização: Rua Jacinto Maia, nº54 – Praia Grande, Centro. Telefone: (98) 3218-9922/23 Ver no mapa

Teatro Arthur Azevedo

O teatro foi fundado em pleno ciclo do algodão maranhense, por dois comerciantes portugueses. Inaugurado em 1º de junho de 1817, com o nome de Teatro União. Em 1852 passou a chamar-se Teatro São Luiz. A homenagem ao escritor Arthur Azevedo, considerado primeiro comediógrafo brasileiro, deu-se na segunda década do século XX, no governo de Urbano Santos.

Sediado em um prédio em estilo neoclássico, já funcionou como cinema e chegou a ficar anos abandonado, em ruínas. Foi reconstruído de acordo com o projeto original e recuperou sua plenitude, com salões e platéia climatizados, modernos equipamentos eletrônicos e cênicos, salão nobre, sala de dança e sala de coro. Atualmente tem capacidade para 750 espectadores, em 4 andares.

A visitação ao Teatro Arthur Azevedo, acontece de quarta a domingo, a partir das 15h.

Localização: Rua do Sol, 180, Centro. Telefone: (98) 3232-0299. Ver no mapa
Fonte:www.ma.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nº 22.433 - "Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif"

   em ContrapontoPIG    *.* *07/10/2017* *Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif* *O Jornal de todos Brasis* Do Jornal GGN - ...