13.5.11

13 de Maio - Dia do Chefe de Cozinha

Chefe de cozinha

"Profissional responsável pela seleção dos ingredientes, pela preparação dos pratos, pela combinação dos sabores e pela sua apresentação"
Fonte: Redação Brasil Profissões

O que é ser um chefe de cozinha?

O chefe de cozinha é o profissional responsável pela seleção dos ingredientes, pela preparação dos pratos, pela combinação dos sabores e pela sua apresentação. É de responsabilidade do chefe de cozinha manter a ordem e a higiene na cozinha, além de coordenar seus auxiliares no preparo dos pratos. Esse profissional trabalha em conjunto com o gastrônomo, seguindo projetos de cardápio estabelecidos por ele e ajudando-o a relacionar aperitivos, pratos frios, principais, sobremesas e bebidas. Na ausência de um gastrônomo no estabelecimento, suas funções são realizadas pelo chefe de cozinha.

Quais as características necessárias para ser um chefe de cozinha?

Para ser um chefe de cozinha é necessário que o profissional se interesse pelos alimentos e pela sua preparação. Além disso, outras características interessantes são:
  • responsabilidade
  • higiene
  • metodologia
  • bom senso
  • facilidade de misturar sabores
  • capacidade de exercer liderança
  • espírito inovador
  • gosto por fazer experiências

Qual a formação necessária para ser um chefe de cozinha?

Não existe formação necessária, essa é uma das grandes diferenciações do chefe do cozinha e do gastrônomo. O chefe de cozinha não precisa ser graduado em curso superior, precisa apenas dominar práticas da culinária. Nesse caso, o aprendizado vem à medida que o profissional exerce a função. Entretanto, existem cursos que podem ser feitos para a especialização do profissional, voltados a qualquer área da culinária. É também interessante que o profissional tente se atualizar e entender conceitos da administração de um estabelecimento, pois na falta de um gastrônomo, é ele quem administra a cozinha.

Principais atividades

  • auxiliar o gastrônomo a estabelecer o cardápio
  • selecionar os ingredientes
  • realizar a preparação dos ingredientes
  • orientar seus auxiliares quanto à preparação do prato
  • preparar os pratos ou acompanhar sua preparação
  • manter e garantir a higiene no ambiente de trabalho
  • cuidar da apresentação do prato
  • cuidar para que os pedidos sejam atendidos sem demora e para que os clientes fiquem satisfeitos com a refeição

Áreas de atuação e especialidades

  • restaurantes, churrascarias, pizzarias, etc
  • bares, lancherias e redes de lanchonete tipo fast food
  • instituições públicas e privadas: trabalhando com a confecção das refeições em grande escala em refeitórios de empresas, instituições, hospitais, penitenciárias, escolas, faculdades, ONGs, etc
  • hotéis, spas, pousadas, cruzeiros, etc
  • casas: pode trabalhar como cozinheiros particulares em casas de família, cuidando da alimentação de todos os moradores e funcionários

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o chefe de cozinha é amplo e vem crescendo muito, justamente por que a correria das grandes cidades faz com que a procura por refeições rápidas e alimentos prontos aumente. Para que o profissional se destaque no mercado de trabalho é necessário que ele se especialize e participe de treinamentos e cursos, além de se interessar por conceitos de administração para que possa gerenciar melhor a cozinha.

Curiosidades

Ao longo da evolução da sociedade, o processo de alimentação passou por várias etapas. Após a passagem do Paleolítico para o Neolítico, quando o homem passou de caçador e coletor para agricultor, a fixação à terra trouxe maior abundância de sabores.
Foi assim que surgiu a forma mais primitiva de comércio, a base de trocas naturais, pois as pessoas tinham que complementar suas alimentação com produtos que não produziam. Com o passar do tempo, técnicas de conservação foram sendo criadas e produtos como ervas aromáticas e sal se tornaram cada vez mais valiosos. Por isso, a busca pelas especiarias foi um dos grandes objetivos do final da Idade Média e início da Idade Moderna. As grandes navegações, com objetivo de chegar as Índias movimentaram a economia nessa época e possibilitaram o descobrimento de muitas outras regiões.
Muitos gênios conhecidos também se voltaram a culinária, como Leonardo da Vinci, que inventou vários acessórios de cozinha, como o esmagador de alho, e regras de etiqueta, além de muitas novas receitas.
A culinária também é um elemento cultural importante na cultura de um país, pois ela reflete muitos aspectos como o clima, a agricultura, a população, etc.
O Brasil é um país com uma cultura culinária muito vasta, o que reflete a condição de país tropical e a facilidade na produção de diversos gêneros alimentícios. Os chefes brasileiros são reconhecidos no mundo todo, e, muitas vezes são requisitados no exterior.
Fonte:www.brasilprofissoes.com.br



Crédito da imagem: André-Batista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nº 22.433 - "Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif"

   em ContrapontoPIG    *.* *07/10/2017* *Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif* *O Jornal de todos Brasis* Do Jornal GGN - ...