24.5.11

Dia do Telegrafista

Salve o dia do telegrafista No dia 24 de maio, comemora-se no Brasil o dia do telegrafista. Em 1944 o então Presidente da República Getúlio Vargas, instituiu o dia 24 de Maio como o dia do telegrafista, em homenagem a todos os telegrafistas, revelando uma perfeita consciência da importância dessa profissão. 

Durante muitos anos a profissão de telegrafista era de enorme importância, tanto para as empresas, como para os serviços públicos. O telegrafista é o empregado das estações telegráficas. Sua função é a de transmitir e receber mensagens. Para tanto, utiliza um código próprio, chamado código Morse, em homenagem ao inventor do aparelho e do seu código de comunicação.

 O telégrafo foi o primeiro aparelho para comunicação à distância. Foi inventado em 1845 por Samuel Morse. Em 1866, o primeiro cabo telegráfico submarino passou a ligar permanentemente a Europa à América. Daí em diante, as tecnologias de comunicação à distância só evoluíram. Guglielmo Marconi criou o telégrafo sem fio em 1896, emitindo e captando sinais a centenas de metros de distância. Esse foi o passo decisivo para a expansão das telecomunicações. Antes de inventar o telégrafo, Samuel F.B.Morse foi um pintor de grande talento. Estudou artes na Inglaterra, fez exposições na Academia Real de Londres e pintou os retratos de muitos cidadãos importantes de sua época. Acabou designado professor catedrático de pintura e escultura na Universidade da Cidade de Nova York. Quando esteve em Paris, Morse se mostrou muito interessado nos experimentos de eletricidade que presenciou. Passou a estudar o assunto e a desenvolver seus próprios experimentos num pequeno laboratório improvisado. Na última década do século passado, o Padre Roberto Landell de Moura realizava suas experiências na transmissão dos sinais da telegrafia através de ondas eletromagnéticas, segundo a FEPLAM - Fundação Educacional e Cultural Padre Landell de Moura. Embora o telégrafo não seja tão largamente utilizado nos dias de hoje, o código Morse continua em plena forma. Ele é utilizado na aviação, nos navios, principalmente quando se necessita de uma forma de comunicação em situações de emergência.

Fonte:www.labre-sc.org.br .


 Crédito da imagem: Carlos Sottovia

Nenhum comentário:

Postar um comentário