5.3.12

Do lixo ao luxo

Designers e artistas canadenses transformam lixo em luxo


Bida Thomazini, do Ecofashion
Anualmente, os canadenses produzem cerca de 35 milhões de toneladas de lixo e, deste total, apenas 20% é reciclado ou reaproveitado. O restante, normalmente, costuma ter como destino os aterros ou incineradores.
Diante deste panorama, o Ministério do Meio Ambiente do Canadá convocou 16 profissionais entre designers e artistas das áreas de moda, beleza, movelaria e artes visuais para ilustrar e também apresentar possíveis soluções para o que pode ser considerado um gigantesco desperdício.
Ministério do Meio Ambiente do Canadá convocou 16 profissionais entre designers e artistas das áreas de moda, beleza, movelaria e artes visuais para ilustrar e também apresentar possíveis soluções para o que pode ser considerado um gigantesco desperdício. O resultado pode ser visto acima
O resultado dos trabalhos apresentados foi surpreendente. Sacos plásticos se transformaram num deslumbrante vestido longo estilo 50′s, pequenas lâmpadas de decoração natalina foram aplicadas em uma túnica de tule, fios de cobre encapados se viraram um exuberante e sensual vestido. Teve um pouco de tudo nos modelos de alta-costura apresentados ao Ministério.
Atualmente, os 16 modelos produzidos estão expostos no Biosphere Environmental Museum, em Montreal. Todos os trabalhos expostos são acompanhados por filmes de curta duração e pedaços de lixo autografados por figuras públicas canadense.
O objetivo do Ministério do Meio Ambiente ao expor os trabalhos é ressaltar as preocupações ambientais com os refugos gerados pela sociedade e inspirar os visitantes a ver como é possível transformar o lixo em algo belo.
(Ecofashion)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nº 22.433 - "Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif"

   em ContrapontoPIG    *.* *07/10/2017* *Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif* *O Jornal de todos Brasis* Do Jornal GGN - ...