2.4.12

Caça predatória pode extinguir rinocerontes


 


Os chifres agora têm um valor de mercado de mais de US$ 65.000 por quilo – mais caro do que ouro ou platina. | Foto: Divulgação
 
Os rinocerontes estão prestes a serem extintos por causa da caça predatória e podem desaparecer para sempre. Novas estatísticas mostram que 440 rinocerontes foram brutalmente mortos no ano passado somente na África do Sul – um aumento explosivo em comparação há cinco anos, quando apenas 13 rinocerontes tiveram seus chifres decepados.

Por trás dessa devastação está um aumento enorme na demanda de chifres de rinocerontes, utilizados por charlatões com pacientes de câncer, remédios falsos para ressaca e como amuletos na China e no Vietnã. Protestos na África do Sul foram ignorados até agora pelas autoridades, mas a Europa tem o poder de mudar isso, exigindo a proibição total do comércio de rinoceronte – de qualquer lugar, para qualquer lugar – quando os países se reunirem no próximo encontro internacional decisivo em julho.

A situação é tão terrível que a ameaça chegou até mesmo aos zoológicos britânicos que estão no alerta vermelho por conta das gangues assassinas de rinocerontes.

Para parar com esta crueldade, a Avaaz – comunidade de mobilização online - criou um protesto para exigir que a Europa pressione por novas medidas de proteção para impedir que estes animais sejam extintos. Quando a petição chegar a cem mil assinaturas, o apelo será entregue em Bruxelas.

Desde janeiro foi morto um rinoceronte por dia, na África do Sul, onde vivem 80% dos rinocerontes remanescentes do mundo. Os chifres agora têm um valor de mercado de mais de US$ 65 mil por quilo – mais caro do que ouro ou platina. O ministro sul-africano do Meio Ambiente se comprometeu a tomar medidas, colocando 150 guardas extras e até uma cerca elétrica ao longo da fronteira com Moçambique para tentar conter os ataques. Mas a escala da ameaça é tão grave que uma ação global é necessária.

Os chineses estão fazendo lobby para facilitar o comércio de chifre e a proibição do comércio de rinocerontes vai bloquear a ação deles. Com a liderança da UE, os caçadores poderão ser presos e poderão ser promovidos programas de conscientização pública nos principais países asiáticos para acabar com este tipo de comércio.

Nas próximas semanas, a UE definirá sua agenda para o grande encontro mundial que acontece dentro de poucos meses.


Para fazer parte do protesto e impedir o abate dos rinocerontes em toda a África, assine a petição. Em 2010, as ações da Avaaz ajudaram a impedir a explosão do comércio de marfim de elefante.
Fonte:http://www.ciclovivo.com.br

Um comentário:

  1. Infelizmente o maldito dinheiro nas mãos do irresponsável e ganacioso ser humano.
    É igual a droga: se tem comércio é porque tem quem usa.
    Se matam os rinocerontes é porque tem quem compra os seus derivados.
    Parabéns pela postagem.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Projeto Escola sem Partido é arquivado no Senado   *Projeto que visava coibir a liberdade intelectual e de ensino de docentes...