9.4.12

Itu, a cidade dos exageros - Turismo


Leandro Amaral
Itu, a cidade dos exageros
Situada a 100 km da capital paulista, a cidade é uma opção interessante para um final de semana. Além de ser conhecida como cidade dos exageros, é conhecida como o Berço da República, pois foi lá que em 1873 foi fundado o Partido Republicano Paulista na Convenção de Itu. Por isso Itu conserva uma história rica, assim como, construções históricas importantes. Na cidade é possível encontrar muitas fazendas centenárias que no passado viviam pelo cultivo do café e hoje exploram o turismo.

Outro roteiro muito bom para ser feito é o religioso, em que a arquitetura com a riqueza de detalhes impressiona.

O centro histórico da cidade é pequeno e o melhor é deixar o carro em algum local e caminhar a pé, já que as ruas são bastante estreitas. Uma dica é levar de recordação algo gigante. Estas lojas de souvenirs não faltam na cidade. As fazendas são um pouco longe, por isso é melhor estar de carro. Todos os finais de semana é montada uma feirinha de artesanato na praça independência. A orquestra da cidade faz seu concerto no último domingo do mês na praça Padre Miguel. Pra quem vem de São Paulo pela Rod. Castelo Branco, vale a pena voltar pela Estrada Parque e assim aproveitar para passar nas fazendas e curtir o visual da estrada, depois é só seguir pra Cabreúva e pegar a Rodovia Bandeirantes próximo a Jundiaí.

Principais pontos turísticos


Orelhão de Itu - Um dos principais pontos turísticos da cidade, e um dos responsáveis pela fama da “cidade onde tudo é grande”. O Orelhão foi cedido pelo ex-ministro das Comunicações, Higino Corsetti, e instalado pela Telesp, sendo depois reformado pela Companhia Telefônica, na Praça da Matriz.

Hoje, a Praça da Matriz é onde se concentram todos os exageros de Itu: um orelhão, um semáforo e muitos gigantões.

Atualmente, o velho modelo do orelhão da Telesp foi substituído pelo orelhão da Telefonica. Várias lojas ao redor da praça oferecem uma farta variedade de objetos gigantes, que vão desde cotonetes e notas de dinheiro, até martelos e graaaandes canetas.


Eixo Histórico - As ruas do centro de Itu convidam para um passeio pela história do Brasil. Considerada Berço da República, a cidade guarda as lembranças de perseverança e fé dos primeiros povoadores do sertão.

O Eixo Histórico compreende monumentos como o Cruzeiro de São Francisco, Casa Imperial, Fábrica São Luiz, Espaço Cultural Almeida Jr, Conjunto Arquitetônico do séc. XIX e Casa do Barão; museus Republicano e da Energia e as igrejas Bom Jesus, N.Sra do Carmo e N. Sra da Candelária (Matriz).

Museu da Energia – Defronte do sobrado do Barão de Itu, existe um outro importante marco da arquitetura urbana de Itu. Com sua elegante fachada ornada com azulejos portugueses nele funcionou a Companhia Ituana da Força e Luz. O museu conta, em seu primeiro piso, o cotidiano da sociedade do séc. XVII e, no piso superior, a evolução da energia até os dias de hoje. Endereço: Rua Paula Souza, 669. Visitação de terça a domingo das 10h às 17h. www.museudaenergia.org.br



Cidade das Crianças - Inaugurada no dia 12 de outubro de 1986, a Cidade das Crianças é um local específico para as crianças aproveitarem as horas vagas do dia. Possui playground; gira-gira e foguetão. Além dos brinquedos, o parque conta com diversos atrativos para a criançada. Endereço: Rua França, 102. Visitação de terça a domingo das 8h às 17h.

Parque do Varvito - Um verdadeiro monumento geológico inaugurado em 1995, já recebeu mais de 500 mil visitantes, entre turistas, estudantes e pesquisadores. Patrimônio tombado pelo Condephaat, foi construído em uma área de 44.346 m² da antiga pedreira.

No Parque há um galpão por onde toda visita tem início. Neste local está montado permanentemente uma exposição de painéis explicativos com um espaço para exposições temporárias e palestras.

A laje ou ardósia de Itu foi bastante utilizada no calçamento e pavimentação das ruas e casas da cidade, fazendo parte da história do município.

Os pontos que merecem atenção são a Praça do Eco, Cascata do Antanho, Lago dos Fósseis, Vereda dos Seixos, Trilha Bentônicos, Anfiteatro Gondvana, Gruta Lágrima do Tempo, Bosque dos Matacões e o Lago Jurássico.

Funciona das 8 às 18 horas de terça a domingo. Entrada gratuita.

Museu Republicano - No ano de 1867, foi inaugurado um elegante sobrado, situado à Rua do Carmo, atual Barão do Itaim. Foi nesse prédio que, em 18 de abril de 1873, realizou-se a reunião que efetivou as bases do Partido Republicano Paulista, mais conhecida como Convenção de Itu. No Cinqüentenário dessa Convenção, o sobrado foi transformado em 1923 em museu, o qual possuí valioso acervo relativo aos republicanos históricos e à memória de Itu. Hoje ainda conta com uma biblioteca especializada em República, a maior do mundo. Rua: Barão do Itaim, 67. www.mp.usp.br/mr



Nossa Senhora da Candelária
- Construída em 1780, recebeu depois sucessivas reformas em que se destaca o trabalho de Ramos Azevedo e de Paula Souza em sua fachada. Existem no interior do templo obras valiosas de talhas e de pintura, de autoria de José Patrício da Silva, do Padre Jesuíno do Monte Carmelo e de Almeida Júnior. As telas que forram o teto da sacristia são da artista italiana Lavínia Cereda.    

A Matriz fica na praça Padre Miguel, s/nº. Visitação de segunda a sexta das 06h às 17h, Sábados das 06h às 11h e das 14h às 17h, Domingos das 11h às 17h.
Fonte: http://www.jornaldaorla.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nº 22.433 - "Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif"

   em ContrapontoPIG    *.* *07/10/2017* *Definitivamente, Temer, não!, por Luís Nassif* *O Jornal de todos Brasis* Do Jornal GGN - ...