18.5.12

Cosméticos e produtos domésticos podem estar causando câncer, redução na fertilidade e obesidade

http://jornalciencia.com/
  Produtos químicos comuns encontrados em cosméticos e produtos de uso doméstico diário podem estar causando problemas médicos tais como câncer, redução da fertilidade e obesidade, alerta órgão europeu.
  A Agência Europeia do Ambiente (AEA) alertou e informou que alguns produtos farmacêuticos também entram na lista por conter desreguladores endócrinos que prejudicam o ser humano.
  Em um estudo publicado, funcionários disseram que havia fortes indícios de danos e advertiram contra o uso, mas não chegou a recomendar total proibição. A agência alertou que cinco classe de substâncias químicas devem ser controladas para uma melhor segurança da saúde geral da população.
Produtos conhecidos como ftalatos, frequentemente usados em plásticos e pesticidas, bem como bisfenol-A e outros PCB e até parabenos, usados em cosméticos como conservantes em filtros solares, loções faciais e corporais e até em medicamentos, podem provocar danos à saúde.
Constatou-se que alguns produtos químicos desregulam o sistema hormonal: “Pode ser um fator contribuinte para trazer argumentos em desenvolvimento de câncer, diabetes e obesidade, diminuição da fertilidade e aumento do número de problemas neurológicos em seres humanos e animais”, declarou a agência em comunicado oficial.
Os especialistas informaram que nos últimos anos tem crescido significativamente muitas doenças humanas e distúrbios cancerígenos de mama e próstata, bem como infertilidade masculina diabetes.
A agência acrescentou ainda que muitos cientistas acreditam que este aumento está diretamente ligado ao nível de exposição à mistura de substâncias em centenas de produtos disponíveis no mercado de modo deliberado.
O relatório foi intitulado “Os Impactos dos Desreguladores Endócrinos Sobre a Vida Selvagem, Pessoas e seus Ambientes”, foi compilado através de dados e pesquisas de literatura em um apanhado científico de 15 anos.

A pesquisa científica acumulada ao longo das últimas décadas nos mostra que a desregulação endócrina é um problema real, com graves repercussões na fauna e, possivelmente, nas pessoas”, disse Jacqueline McGlade, diretora executiva da EEE.
Seria prudente ter uma abordagem preventiva aos muitos produtos químicos usados e compreender completamente seus efeitos”. Ela comenda que o real problema não está em uma única substância, mas no chamado “efeito coquetel” de várias delas reunidades em muitos produtos usados diariamente por milhões de pessoas ao redor do mundo.
O sistema endócrino humano e animal é fonte de vários hormônios importantíssimos que controlam funções corporais, tais como o sistema reprodutivo, metabolismo, crescimento e até mesmo o humor de uma pessoa.
Fonte: Telegraph Foto: Reprodução/skinbeautyreview e clydesaid

Nenhum comentário:

Postar um comentário