25.5.12

Elefantes marinhos nadam até 2 km de profundidade na busca de alimentos



Zoólogos da Universidade da Califórnia estão compilando um grande volume de dados disponíveis após estudo com 300 elefantes marinhos marcados por satélite.

  Os dados revelam os segredos de migrações anuais realizados por elefantes fêmeas adultos. Eles conseguem viajar todo o nordeste do Oceano Pacífico em busca de alimentos que, frequentemente, são peixes e lulas.

  Os pesquisadores descobriram que cada animal possui seu próprio comportamento na hora de procurar comida, mas a maioria possui um alvo geográfico bem específico. Há uma zona de fronteira, situado entre duas grandes correntes oceânicas circulares, onde a água é muito fria e rica em nutrientes.

Isso provoca a floração de fitoplâncton – uma saborosa refeição para vários animais. Muitos predadores marinhos perseguem essa fronteira, incluindo tubarões, atuns e albatrozes.

 
Outros elefantes marinhos nadam para o fundo dos oceanos para procurar alimentos. Isso requer um grande fôlego e os dados revelaram que alguns alcançam verdadeiros recordes de profundidade, com quase 2 km.

Em um dos indivíduos acompanhados, o selo de rastreamento por satélite caiu quando o animal alcançou 1.747 km de profundidade.
 Fonte:http://jornalciencia.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário