24.8.12

Convertido ao Islã, Mister Gay Dinamarca quer mostrar que se pode ser "gay e muçulmano"



Eleito em 16 de agosto, Michael Sinan se define como um "muçulmano moderno". Ele explicou as razões que o motivaram a se converter, e lutar contra o extremismo e  o preconceito.

Michael Sinan, de 34 anos, ganhou o concurso do Mr. Gay Dinamarca em 16 de agosto. A competição este ano fez muito barulho, porque pela primeira vez na história da competição, foi um muçulmano que ganhou o título. Perguntado sobre suas motivações, o jovem garantiu ao público, que se reuniu em frente da Praça da Câmara Municipal, em Copenhague, que iria mostrar que hoje é possível ser um "gay muçulmano", e que ele planeja usar o título para divulgar isso.
Continue lendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário