27.8.12

Onça-pintada: a hora da extinção ou da preservação


Um animal elegante, admirado pelo seu porte e beleza e ao mesmo tempo temido e odiado ao longo de muitas gerações de humanos que habitaram o continente americano. Povos originários e depois os colonizadores europeus conviveram com este que é o maior felino das Américas de maneira, no mínimo, pouco amistosa.

Essa difícil relação, de amor e ódio, trouxe consequências bastante danosas para a sobrevivência da onça-pintada que, em sua fase adulta, pode atingir 140 quilos de peso. Símbolo da riqueza de nossa biodiversidade, ela estampa a nota de 50 reais, nem por isso está livre de incontáveis perseguições.

Acusada de atacar o gado e outros animais de criação, fazendeiros não pensam duas vezes para abatê-la. É também cobiçada por caçadores ávidos em provar sua virilidade mesmo mantendo uma segura distância, portando uma conveniente arma de fogo. Esses, além da destruição de nossas floresta,s estão entre os principais obstáculos que tornaram a onça-pintada, de grande predador no topo da cadeia alimentar em animal acuado e indefeso diante do progresso e da ganância humana.

Agora duas notícias em direções opostas colocam novamente a onça-pintada em evidência.

A primeira refere-se a um estudo recentemente publicada na revista PLoS ONE pela Universidade inglesa East Anglia. O artigo constatou que, ao lado de outros 4 mamíferos, a onça está praticamente extinta da Mata Atlântica. Segundo as conclusões, a Onça como outros médios e grandes mamíferos possuem reduzida possibilidade de sobrevivência em pequenos fragmentos de floresta tropical, justamente o que ocorre com nossa Mata Atlântica, retalhada que está por aglomerados urbanos, propriedades particulares de terra e grandes estradas que cortam suas áreas.

Continua: http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/onca-pintada-a-hora-da-extincao-ou-da-preservacao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto Escola sem Partido é arquivado no Senado   *Projeto que visava coibir a liberdade intelectual e de ensino de docentes...