4.7.13

Transplante de medula faz desaparecer vírus da AIDS em dois pacientes

 

Filipa Alves  
 
 
Um transplante de medula fez desaparecer, pelo menos temporariamente, o vírus da SIDA de dois pacientes, revelaram recentemente médicos norte-americanos na conferência da International AIDS Society.
Os dois homens foram infetados há mais de 30 anos e foram submetidos a transplante porque desenvolveram linfoma. Na sequência deste procedimento cirúrgico, que envolve a transferência de células medulares saudáveis de um dador, foi parado o tratamento com antirretrovirais, tendo decorrido 7 e 15 semanas, respetivamente, sem que as análises sanguíneas acusem a presença do vírus da imunodeficiência adquirida.

A medula constitui um reservatório de HIV e a BBC explica que a medula transplantada foi protegida da infeção pelas drogas antirretrovirais e, no organismo recetor terá atacado a medula infetada.

No entanto, e apesar de otimistas, os médicos são cautelosos quanto à aparente eliminação definitiva do vírus nos dois pacientes.Continua:  http://naturlink.sapo.pt/Noticias/Noticias/content/Transplante-de-medula-faz-desaparecer-virus-da-SIDA-em-dois-pacientes?bl=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário