5.8.13

Primeiro prefeito gay quebra tabus no México rural

Cantor e empresário de 47 anos vence em Fresnillo com agenda contra a pobreza e a violência


Benjamin Medrano posa durante a campanha: dono de dois bares gays afirma que ganhou com plataforma limpa
Foto: AP

Benjamin Medrano posa durante a campanha: dono de dois bares gays afirma que ganhou com plataforma limpa AP
Mas, desde as eleições municipais, em julho, Fresnillo chama a atenção do país por um nome: Benjamín Medrano, empresário e político de 47 anos que transformou-se no primeiro prefeito abertamente gay no México.
A eleição surpreendeu numa nação tradicionalmente católica e de cultura machista. E mais pelo município em que Medrano foi eleito, onde isso seria aparentemente menos provável do que em metrópoles mais progressistas como a Cidade do México — em que o casamento gay foi legalizado há quatro anos.

Preconceito na campanha

Medrano não busca explicações. Diz que conseguiu 42.147 votos — contra quase 38 mil de Saúl Monreal, do Partido do Trabalho, e cuja família detinha o poder local há 15 anos — com uma campanha limpa, sem esconder sua orientação sexual, embora tampouco amparada somente na bandeira gay.

- Não esperava essa repercussão. É uma conquista não só por minha orientação sexual, mas pela oportunidade de transformar o município. De que se respeitem formas diferentes de pensar. Não quer dizer que vou abrir dezenas de bares gays, nem me vestir de mulher e colocar cílios postiços, como espalharam meus oponentes. Minha eleição abre um precedente. É uma responsabilidade - admite.
Continua:http://www.cbnfoz.com.br/noticias-pelo-mundo/editorial/mundo/05082013-35014-primeiro-prefeito-gay-quebra-tabus-no-mexico-rural

Nenhum comentário:

Postar um comentário