23.10.13

A felicidade pode fazer mal

 

A revelação foi feita pelo doutor Edward Diener* (o doutor Felicidade)* que reviu recentemente sua tese sobre os efeitos da felicidade: *“Ser feliz demais não é bom. O contentamento em excesso torna as pessoas menos capazes, menos saudáveis e menos atentas aos riscos”*. Segundo o psicólogo, uma margem de insatisfação evita a letargia. A indústria da felicidade cobra que sejamos felizes o tempo todo e isso acaba levando a um fenômeno comum hoje que é o consumo excessivo de antidepressivos. O consumo de antidepressivos no Brasil saltou de 20,6 mil em 2005 para 24,4 mil em 2007. Apes... mais »

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto Escola sem Partido é arquivado no Senado   *Projeto que visava coibir a liberdade intelectual e de ensino de docentes...